Noticiário Comentado

Vacinas Não Causam AIDS, Presidente!

Em uma de suas “lives”, o presidente Jair Bolsonaro leu uma manchete claramente falsa que afirma que as pessoas vacinadas contra covid-19 estariam “desenvolvendo a síndrome de imunodeficiência adquirida muito mais rápido do que o previsto”. A notícia é duplamente falsa, por afirmar que a vacina causa AIDS e por sugerir que isso é fato notório (previsto).

Bolsonaro repete fake news de que pessoas totalmente vacinadas contraem HIV

“Outra coisa grave aqui. Só vou dar a notícia, não vou comentar. Já falei sobre isso no passado; apanhei muito. Vamos lá. Relatórios oficiais do governo do Reino Unido sugerem que os totalmente vacinados — quem são os totalmente vacinados? Aqueles que depois da segunda dose, quinze dias depois, quinze dias após a segunda dose [estão] totalmente vacinados. — estão desenvolvendo a síndrome de imunodeficiência adquirida muito mais rápido do que o previsto. Recomendo ler a matéria. Não vou ler aqui para vocês porque posso ter problema com a minha live. Não quero [ininteligível] a live aqui, quero dar informações concretas.”

—Presidente Jair Bolsonaro em sua live semanal.

Várias perguntas se apresentam. Que tipo de assessor coloca um papel como esse nas mãos do presidente da República? O presidente não percebe que se trata de uma notícia absurda? Não se importa? A notícia foi incluída no seu briefing a pedido do próprio presidente?

E como pode o presidente ler uma tal notícia com ar de quem lava as mãos, com a tranquilidade de alguém que retuíta uma matéria sem ler? Isso é duplamente grave: por chancelar uma mentira potencialmente nociva sem a verificar; e porque, se ele acha que é verídica, deveria anunciar medidas imediatas para interromper a catástrofe. Afinal, se acredita que é possível que as pessoas vacinadas estejam desenvolvendo AIDS e não faz nada a respeito — apenas joga o papel para o lado e passa para a próxima notícia —, está em conflito com sua obrigação de proteger a saúde pública.

O que me parece é que ele sabe que a notícia é falsa e que a está tratando como muitos “influenciadores” e jornais de baixa reputação: publicam qualquer coisa que chame a atenção e polarize a audiência, enquanto se isentam de responsabilidade: “estamos apenas replicando a notícia”.

Tenho apoiado o governo e o presidente desde o início (não sou “bolsonarista”, no entanto). Acredito que foi a melhor alternativa em 2018 e que continua sendo melhor do que a única alternativa que se apresentou até agora para 2022. Penso que há muita gente que só continua apoiando o governo por rejeitar a volta de Lula e do PT.

Bolsonaro precisa ajudar seus apoiadores a continuar o apoiando. Atitudes como essa são inadmissíveis e afastam muita gente sensata que poderia lhe dar suporte. Por mais que dependa de sua base popular, o presidente precisa entender que ninguém se elege só com votos de bolsominions, mortadelas ou o que seja. É preciso ao menos algum nível de apoio dos setores pensantes, dos reais influenciadores do país. Seus adversários entendem isso. Já o presidente parece acreditar que é fake news.

*Este artigo foi publicado originalmente em minha newsletter.

O presidente Jair Bolsonaro em uma de suas lives.

Inscreva-se em minha newsletter:

Receba artigos selecionados sobre política, cultura e sociedade.

Assinatura recebida!

Verifique seu e-mail e confirme a assinatura do boletim informativo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: