Noticiário Comentado

Ataques em Criciúma e Cametá Mostram a Fragilidade da Ordem Pública no Brasil

Brasília, 2 de dezembro de 2020. As duas últimas noites no Brasil foram marcadas por ações criminosas espetaculares, a primeira em Criciúma (SC), na madrugada de 01/12, e a segunda em Cametá (PA), na madrugada de ontem para hoje. As ações foram claramente planejadas e envolveram razoável capacidade de coordenação. Em ambos os casos, grupos de homens fortemente armados bloquearam acessos e vias públicas e usaram reféns como escudo humano, para dissuadir as forças de segurança. Em Cametá, uma parte dos criminosos sitiou o quartel da polícia militar, enquanto os demais saqueavam agências bancárias.

Reféns são usados como escudo humano por quadrilha em Criciúma
Reféns são usados como escudo humano por quadrilha em Criciúma, em 01/12/2020.

Embora tenham ocorrido em dias consecutivos, não parece haver conexão entre os casos, salvo por serem um tipo de ação criminosa que tem se tornado mais frequente e audaciosa nos últimos anos, a que já se deu o nome de “novo cangaço”. Ao reportar casos ocorridos recentemente no interior de São Paulo, a BBC descreveu o fenômeno:

Esse tipo de assalto — quando um grupo criminoso toma o controle de uma pequena cidade para roubar — não é novo no Brasil. No início do século passado, Lampião e seu bando de cangaceiros ganhavam a vida praticando saques semelhantes.

“A ameaça do ‘novo cangaço’, que causa terror no interior de SP” – BBC Brasil

Mais do que a audácia dos grupos criminosos que realizam tais ações, preocupa a incapacidade das forças de segurança pública de evitar ou reagir aos ataques. Como se pode admitir que uma delegacia ou quartel de polícia seja sitiado enquanto criminosos saqueiam a cidade? Como podemos conviver com uma situação de segurança pública em que grupos criminosos tem capacidade de conter as forças da ordem e impedir a chegada de reforços por tempo suficiente para executar operações dessa envergadura? Posto de outra forma, como podemos conviver com forças de segurança incapazes de se defender de grupos criminosos como esses?

Bandidos escapam após operação criminosa em Criciúma
Bandidos escapam após operação criminosa em Criciúma, em 01/12/2020.

Em todos os casos semelhantes ocorridos no Brasil, o objetivo aparente dos criminosos foi roubar dinheiro em espécie. Agora imaginem se o objetivo dessas organizações não fosse obter dinheiro, mas capturar 10, 20, 50 reféns, ou executar determinadas pessoas ou grupos. É algo que não queremos crer que possa ocorrer no Brasil de hoje, mas que é frequente em outros países e regiões.

Na Nigéria, por exemplo, guerrilheiros do grupo terrorista islâmico Boko Haram invadem vilarejos para sequestrar crianças ou executar seus habitantes. Embora o objeto específico dessas ações no Brasil seja roubar dinheiro, é alarmante o mero fato de que organizações criminosas tenham capacidade realizar operações desse porte.

Essa capacidade não é fruto apenas da audácia dos bandidos, mas em grande medida da incapacidade das forças de segurança de reagir, perseguir e encontrar os culpados, e da Justiça de mantê-los na cadeia. Faltam capacidade operacional, capacidade de dissuasão e disposição de punir. Capacidade dos bandidos e incapacidade das forças de segurança são dois lados da mesma moeda.

Ora, não temos Boko Haram no Brasil, alguns apressados dirão. Mas não é esse o ponto. O que quero enfatizar é que, havendo a capacidade, ela pode ser usada para qualquer objetivo desejado pela organização criminosa. Basta essa capacidade ser integrada a um projeto ideológico para que mudem os objetivos de seus agentes. Lembrem-se das FARC na Colômbia.

As conexões entre movimentos revolucionários e o crime organizado não são incomuns, para colocá-lo de forma branda. América Latina tem inúmeros exemplos a apresentar. Guerrilhas marxistas, grande parte delas vinculadas ao narcotráfico internacional, marcaram a história do continente no último século. O mero fato de que exista no Brasil a capacidade de executar ações criminosas dessa envergadura, com essa frequência e com esse nível de sucesso já é uma enorme ameaça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s